Aceder à área pessoal    REGISTO OESTEATIVOSABER MAIS

CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (B-LEARNING)

De 18-07-2016 a 17-09-2016

O/A formador/a é o/a técnico/a que actua em diversos contextos, modalidades, níveis e situações de aprendizagem, com recurso a diferentes estratégias, métodos, técnicas e instrumentos de formação e avaliação, estabelecendo uma relação pedagógica diferenciada, dinâmica e eficaz com múltiplos grupos ou indivíduos, de forma a favorecer a aquisição de conhecimentos e competências, bem como o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenho profissional, tendo em atenção as exigências actuais e prospectivas do mercado de emprego.

CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (B-LEARNING)

Carga horária total: 90 horas

Modalidade de Formação: Formação Contínua

Apresentação:

A frequência desta acção de formação com aproveitamento permite a obtenção do Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, anteriormente designado por CAP).

O/A formador/a é o/a técnico/a que actua em diversos contextos, modalidades, níveis e situações de aprendizagem, com recurso a diferentes estratégias, métodos, técnicas e instrumentos de formação e avaliação, estabelecendo uma relação pedagógica diferenciada, dinâmica e eficaz com múltiplos grupos ou indivíduos, de forma a favorecer a aquisição de conhecimentos e competências, bem como o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenho profissional, tendo em atenção as exigências actuais e prospectivas do mercado de emprego.

Todos os módulos das acções deste curso são totalmente a distância, à excepção dos módulos 2 e 9, que decorrem em regime presencial, correspondendo a 70 horas a distância e 20 horas presenciais.

Objectivos Gerais:

A formação pedagógica de formadores/as visa promover a aquisição, actualização e o aperfeiçoamento de competências, transferíveis para a sua prática. Estas competências situam-se ao nível da animação da formação e, também, no sentido alargado da sua função:

1. Na concepção e elaboração de programas de formação e de materiais pedagógicos;
2. Na gestão e coordenação de formação;
3. No campo da investigação e da experimentação de novas abordagens e metodologias aplicadas a públicos e contextos diversificados, em várias modalidades de formação.

Objectivos Específicos:

O programa foi concebido com vista a contribuir para que, no final da formação, os/as futuros/as formadores/as, sejam capazes de:

1.) Avaliar o perfil do/a formador/a face ao contexto geral da Formação Profissional em Portugal:
- Caracterizar os contextos/sistemas da Formação Profissional em Portugal; 
- Distinguir as competências exigíveis ao formador/a em função dos sistemas em que intervém; 
- Adoptar uma perspectiva de autoavaliação relativamente à sua prática.

2.) Preparar, dinamizar e avaliar unidades de formação:
- Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimentos do plano de formação – instrumento de gestão de uma organização; 
- Formular adequadamente os objectivos pedagógicos que irão orientar a actividade formativa; 
- Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objectivos, aos públicos-alvo e ao contexto de formação; 
- Desenvolver um dispositivo de avaliação das aprendizagens útil à sua prática pedagógica e como parte integrante de um sistema interactivo de avaliação da formação; 
- Utilizar e conceber de forma adequada os recursos didácticos e multimédia na formação, em suportes diversificados em função da estratégia pedagógica adoptada; 
- Adequar o processo de aprendizagem à especificidade do indivíduo adulto; 
- Desenvolver uma relação pedagógica eficaz e produtiva em função do grupo de formação.

3.) Reflectir sobre os sistemas de formação:
- Desenvolver uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, ao nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.

O/A formador/a deverá ser capaz de estabelecer uma relação pedagógica diferenciada, dinâmica e eficaz com múltiplos grupos ou indivíduos, de forma a favorecer a aquisição de conhecimentos e competências, bem como o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenho profissional, tendo em atenção as exigências actuais e prospectivas do mercado de emprego.

Destinatários:

A Formação Pedagógica Inicial de formadores é dirigida a indivíduos que pretendam adquirir o Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) para exercer a actividade de formador/a.



As condições de acesso à Formação Pedagógica Inicial de Formadores exigem a verificação dos requisitos de entrada, exigidos pela Portaria nº 214/2011 de 30 de Maio, associados ao nível de qualificação escolar:



- Deve ter uma qualificação de nível superior;


- Em componentes, unidades ou módulos de formação orientados para competências de natureza mais operativa, o/a formador/a pode ter uma qualificação de nível igual ao nível de saída dos/as formandos/as, desde que tenha uma experiência profissional comprovada de, no mínimo, cinco anos;


- Não pode ter qualificações inferiores ao 6º ano de escolaridade (De acordo com o Regulamento elaborado ao abrigo do artigo 12º da portaria 214/2011 de 30 de maio).



Sem prejuízo dos critérios legais, deverão constituir critérios de acesso os seguintes:



- Interesse e motivação para a realização da acção de formação;


- Disponibilidade;


- Situação profissional;


- Expectativas e necessidades de formação;


- Relacionamento interpessoal (capacidade de comunicação e interacção, tolerância, capacidade facilidade de cooperação e de trabalho em equipa, capacidade de coordenação de trabalho, …)


- Competências pessoais e sociais adequadas à função: autonomia, assertividade, capacidade de resolução de problemas, espírito empreendedor, iniciativa, criatividade, flexibilidade, …)


- Experiência profissional; e,


- Outras que se venham a verificar necessárias para a concretização do objectivo da formação.



Para assegurar o cumprimento dos critérios de acesso à Formação Pedagógica Inicial de Formadores é necessário:



- Entrega do Curriculum-vitae (Modelo Europeu);


- O preenchimento da ficha de inscrição/candidatura;



Após análise curricular e das fichas de inscrição para despiste dos casos não enquadráveis nas condições de acesso, são convocados/as os/as candidatos/as para o preenchimento de um questionário de selecção ou realização de entrevistas individuais para avaliação das expectativas.

Localidades:

Caldas da Rainha, Condeixa-a-Nova, Évora, Lisboa, Oliveira de Azeméis, Portimão, Vila do Conde

Horários:

Fim-de-semana, Laboral, Misto, Pós-Laboral

Coordenadores:

Carla Dias

Formadores:

A indicar, Carla Dias, Eduarda Ferreira

Programa:
  • 1. MÓDULO 1. FORMADOR: SISTEMA, CONTEXTOS E PERFIL
  • 1.1. Caracterizar os sistemas de qualificação com base nas finalidades, no público-alvo, nas tecnologias utilizadas e no tipo e modalidade de formação pretendida;
  • 1.2. Identificar a legislação, nacional e comunitária, que Regulamenta a Formação Profissional;
  • 1.3. Enunciar as competências e capacidades necessárias à atividade de formador;
  • 1.4. Discriminar as competências exigíveis ao formador no sistema de formação;
  • 1.5. Identificar os conceitos e as principais teorias, modelos explicativos do processo de aprendizagem;
  • 1.6. Identificar os principais fatores e as condições facilitadoras da aprendizagem;
  • 1.7. Desenvolver um espírito crítico, criativo e empreendedor.
  • 2. MÓDULO 2. SIMULAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL
  • 2.1. Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação;
  • 2.2. Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino-aprendizagem;
  • 2.3. Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas;
  • 2.4. Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a comportamentos observados no desenvolvimento de uma sessão de ensino-aprendizagem.
  • 3. MÓDULO 3. COMUNICAÇÃO E DINAMIZAÇÃO DE GRUPOS EM FORMAÇÃO
  • 3.1. Compreender a dinâmica formador-formandos-objeto de aprendizagem, numa perspetiva de facilitação dos processos de formação;
  • 3.2. Compreender os fenómenos psicossociais, nomeadamente o da liderança, decorrentes nos grupos em contexto de formação;
  • 3.3. Gerir diferentes grupos de trabalho, com fortes condições de potenciar a discriminação e bloquear a aprendizagem;
  • 3.4. Compreender a dinâmica da individualidade de aprendizagem no seio de um grupo de trabalho;
  • 3.5. Reconhecer a importância do mediador de grupos de trabalho.
  • 4. MÓDULO 4. METODOLOGIAS E ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS
  • 4.1. Escolher e a aplicar as técnicas e os métodos pedagógicos mais adequados aos objetivos, aos públicos-alvo e ao contexto de formação;
  • 4.2. Descrever as vantagens e importância da criatividade em meio pedagógico;
  • 4.3. Identificar estratégias inclusivas de públicos diferenciados;
  • 4.4. Identificar vantagens e desvantagens da aplicação das diferentes técnicas pedagógicas em contextos diferenciados.
  • 5. MÓDULO 5. OPERACIONALIZAÇÃO DA FORMAÇÃO: DO PLANO À AÇÃO
  • 5.1. Distinguir finalidades, metas, competências, objetivos gerais e objetivos específicos;
  • 5.2. Redigir objetivos pedagógicos em termos operacionais;
  • 5.3. Hierarquizar objetivos segundo os domínios do saber;
  • 5.4. Planificar momentos de ensino-aprendizagem;
  • 5.5. Identificar os princípios orientadores para a conceção e elaboração de planos de unidades de formação;
  • 5.6. Preencher fichas de planificação da formação (plano de ação de formação/ módulo/ sessão).
  • 6. MÓDULO 6. RECURSOS DIDÁTICOS E MULTIMÉDIA
  • 6.1. Selecionar, conceber e adequar os meios pedagógico-didáticos, em suporte multimédia, em função da estratégia pedagógica adotada;
  • 6.2. Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
  • 6.3. Compreender a dinâmica e importância do PowerPoint como modelo de apresentação;
  • 6.4. Criar apresentações em PowerPoint tendo em conta as respetivas regras de elaboração.
  • 7. MÓDULO 7. PLATAFORMAS COLABORATIVAS E DE APRENDIZAGEM
  • 7.1. Compreender as mudanças evolutivas do Ensino a Distância;
  • 7.2. Identificar as características e as vantagens do e-learning;
  • 7.3. Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação a distância;
  • 7.4. Identificar regras de formação através da Internet;
  • 7.5. Reconhecer a importância do e-formador/e-mediador no processo formativo a distância;
  • 7.6. Identificar e aplicar os mecanismos/softwares de comunicação online;
  • 7.7. Desenvolver uma formação utilizando as Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem para suporte de materiais.
  • 8. MÓDULO 8. AVALIAÇÃO DA FORMAÇÃO E DAS APRENDIZAGENS
  • 8.1. Distinguir diferentes níveis de avaliação dos resultados de formação;
  • 8.2. Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;
  • 8.3. Identificar causas de subjetividade na avaliação;
  • 8.4. Aplicar um método sistémico e evolutivo de análise de resultados de formação;
  • 8.5. Propor medidas de regulação, com vista à melhoria do processo de formação.
  • 9. MÓDULO 9. SIMULAÇÃO PEDAGÓGICA FINAL
  • 9.1. Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação;
  • 9.2. Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino- aprendizagem;
  • 9.3. Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas;
  • 9.4. Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a comportamentos observados no desenvolvimento de uma sessão de ensino-aprendizagem;
  • 9.5. Comparar o nível de competências pedagógicas adquiridas ao longo do processo formativo, com o nível de desempenho demonstrado no início da ação;
  • 9.6. Elaborar uma síntese e avaliação dos processos formativos vivenciados;
  • 9.7. Construir percursos para autoformação (traçado de percursos individuais de formação).

Carga horária total: 90 horas

Modalidades de pagamento:

Preço total: 220€  (isento de IVA)

Pagamentos: 50,00 com a inscrição e mais dois pagamentos (mensais) de 85,00 cada

Requisitos mínimos de participação:

Habilitações académicas: (requisito obrigatório)

Grau académico mínimo: 9º Ano (completo)

Situação profissional:

Todas as situações profissionais são admitidas.

Observações:

A frequência desta ação de formação com aproveitamento permite a obtenção do Certificado de Competências Pedagógicas (CCP, anteriormente designado por CAP).

As acções deste curso só iniciarão após a reunião do número de formandos/as necessário à sua viabilidade.



Local: Caldas da Rainha
‹ voltar Evento inserido em 12-12-2014 por MEGAEXPANSÃO - Ensino e Formação Profissional em Novas Tecnologias